A importância do silêncio – Janelas acusticas – Janelas Vidro Duplo

silencio

  • janelas acusticas

  • são a melhor opção para que você tenha um sono saudável e ajude seu corpo a recuperar o cansaço do dia-a-dia.

  • As janelas acusticas / anti ruido, sobrepostas podem ser instaladas sem alteração da fachada e sem quebra de alvenaria.
  • Janelas vidros duplos ou Janelas anti ruidos Eliminam ruídos externos em até 90%
  • Batentes com lindo acabamento
  • Garantimos custo reduzido, redução de até 90% do ruído, sustentação e eficiência termo-acústica.
  • Preços acessíveis, baixo custo em relação ao mercado.
  • Faça já seu orçamento conosco
  • Instalação rápida e segura
  • Garantia de material e serviço
  • Veja todos os nossos Produtos Anti ruidos e tudo que podemos oferecer para eliminar o barulho externo
  • veja nossos PRODUTOS e não deixe de conferir as Portas acusticas
  • siganos no facebook

Silêncio, pois o sono é leve

Um terço da humanidade mal prega os olhos. E mesmo quem dorme com facilidade pode estar dormindo mal. Incansáveis, os médicos investigam por que tão poucos adormecem tranqüilos. E descobrem, entre outras coisas, as moléculas da insônia.

Lúcia Helena de Oliveira e Cássio Leite Vieira, de Londres

As horas passam e o corpo exausto rola na cama. Os olhos estão fechados, mas o cérebro continua em atividade alucinante. O silêncio é interrompido por rangidos, latidos, miados. Todo mundo parece dormir, menos você. Na verdade, um terço da humanidade está na mesma situação e passa a noite em claro. A ansiedade, uma eventual má digestão e até a cama desconfortável costumam levar à insônia. Mas, quando a dificuldade aparece quase toda noite, a causa pode estar em moléculas recém-encontradas no cérebro. São as oleamidas hidrolases que, ao pé da letra, cortam a vontade de dormir. janelas acusticas são sempre a melhor opção para quem precisa de um sono de qualidade.

Essa é, ao menos, a suspeita de cientistas do Instituto Scripps, na Califórnia, Estados Unidos, chefiados pelo químico Dale Boger. Em 1994, eles identificaram uma proteína cerebral, a oleamida, que causaria o sono. “Ela aparecia em grande quantidade em gatos mantidos acordados por 22 horas”, explica Boger em entrevista à SUPER. “A oleamida provoca a sensação de que estamos despencando de cansaço”, diz ele, que já a identificou em seres humanos. Para o neurologista Rubens Reimão, do Hospital das Clínicas de São Paulo, a oleamida não é assim tão boa de cama: “O sono é fundamental para o organismo e, por segurança, a natureza deve ter criado várias substâncias para detoná-lo”, opina. “A oleamida provavelmente é apenas uma delas.”

Mesmo se a oleamida sozinha não fizer ninguém adormecer, a descoberta mais recente do pessoal do Instituto Scripps continuará sendo de arregalar os olhos. Há dois meses, eles encontraram uma segunda molécula cerebral de efeito oposto à do sono. Trata-se da oleamida hidrolase, capaz de quebrar em pedacinhos as oleamidas do repouso. “Quando restam poucas delas inteiras, a gente acorda”, conta Boger. O químico desconfia que muita hidrolase no cérebro significa grande dificuldade para dormir.

Sem chegar a dormir pesado 

Em todo o mundo, um em cada cinco indivíduos usa com freqüência algum medicamento para adormecer. Depois de atravessar a noite sob sedação, essa gente passa o dia como um andróide mal programado. É a síndrome pós-sedativo, causada por uma noite ruim. Sim, porque dormir bem é seguir um script muito definido (veja gráfico ao lado). Nas fases 1, 2, 3 e 4, o sono se aprofunda cada vez mais. O auge do relaxamento físico acontece na última etapa, a fase REM (sigla para movimento rápido dos olhos, em inglês), que também é rotulada de sono paradoxal. Pois, enquanto o corpo descansa, o cérebro funciona a pleno vapor.

Depois de sonhar um pouco, as células cerebrais dão um tempo na fantasia. Interrompem a fase REM e voltam para as fases 4, 3 e 2 respectivamente. Então recomeça o ciclo até entrar em outra fase REM. O processo se repete três a seis vezes por noite. “Algumas substâncias como o álcool e os calmantes acabam criando uma espécie de sono artificial”, explica Rubens Reimão. “A pessoa sente a ilusão de ter dormido um sono pesado, mas seu cérebro não chegou às fases restauradoras do corpo e da mente, que são a 4 e a REM.” O resultado é que ela acorda péssima.

Todo barulho desperta e a gente não nota – 

Quando o corpo não experimenta as fases do sono plenamente, acaba acordando fraco. “Isso ocorre cada vez mais”, diz Fernando Pimentel de Souza, da Universidade Federal de Minas Gerais, que mostrou um estudo no 9º Simpósio sobre Distúrbios do Sono, há dois meses, em São Paulo. Ele comparou dois hospitais, um no barulhento centro de Belo Horizonte e outro em um subúrbio silencioso. Os pacientes do hospital central se recuperaram mais devagar. “Buzinas e motores sempre despertam”, diz Souza. “Mas só nota quem fica acordado mais do que 1 segundo. Menos do que isso, não se percebe que o sono foi interrompido várias vezes.” problemas de isolamento acustico na casa sempre interferem no descanso da família, com a instalação de janelas acusticas seus problemas estarão resolvidos.

Essas noites maldormidas e a insônia são os maiores males na cama hoje. Para quem fica em claro, a equipe do Instituto Scripps, nos Estados Unidos, testou uma substância, o composto 6, que serve de isca para as hidrolases da insônia. Ela induz um sono natural e restaurador. Se todos os testes comprovarem sua eficácia, o composto 6 poderá se transformar em um remédio muito mais eficiente do que os sedativos que andam por aí. as melhores janelas acusticas com bom preço você encontra aqui.

Por isso a Silence é a melhor opção para que você possa acabar de vez com os seu problemas.

Saiba muito mais sobre o assunto clicando aqui

Silêncio, pois o sono é leve

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scriptsell.neteDataStyle - Best Wordpress Services